sábado, 30 de abril de 2016

SOCIEDADE META

UMA GRANDE SOCIEDADE QUE VAI BORBULHAR O NOVO PENSAMENTO DE UM MUNDO MAIS PENSANTE....

SAUDOSA IRMÃ DE EDNALDO LUÍZ

VEJA NA FOTO DE EDNALDO LUÍZ O REGISTRO DE NASCIMENTO DE SUA SAUDOSA IRMÁ JUCILENE...QUE SE FOSSE VIVA IRIA FAZER 37 ANOS....MORREU AINDA NOVINHA....

AINDA SE USAM OS JEGUES

VI NAS MINHAS ANDANÇAS O USO AINDA DOS TRADICIONAIS JEGUES COMO MEIO DE TRANSPORTE. UM FOI NA BARRA DE SANT'ANA, MUNICÍPIO DE JUCURUTU E OUTRO FOI NO ALTO DA BOA VISTA, COM MEU PRIMO MATEUZINHO DANDO UMA VOLTA NO BICHO...E DEPOIS ELE IRIA DÁ AO PADRE DO BAIRRO PARA FAZER UMA PROCISSÃO DA SEMANA SANTA...VEJA AS FOTOS DE EDNALDO LUÍZ:
PRIMO DE EDNALDO LUÍZ DANDO UMA VOLTA DE JEGUE.

MEIO DE TRANSPORTE DA BARRA DE SANT'ANA.

TRAVESSIA DE CANOA SOBRE O RIO PIRANHAS

QUANDO O RIO DE PIRANHAS TÁ CHEIO E COM FORTE CORRENTEZA A ÚNICA ALTERNATIVA PARA QUEM MORA OU TRABALHA DO OUTRO LADO DO RIO É ATRAVESSAR DE CANOA....O CARA QUE GUIA A CANOA NÃO PÁRA, A TODO INSTANTE TEM GENTE QUE VAI E QUE VEM PARA SER ATRAVESSADO, ATÉ MESMO DE MOTO SE ATRAVESSA....ATÉ EDNALDO LUÍZ O POETA DEU UMA VOLTA DE CANOA...JUNTAMENTE COM CESÁRIO....VEJA AS FOTOS DE EDNALDO LUÍZ:

ALUNOS DE EDNALDO LUÍZ APRESENTAM SEMINÁRIOS DOS PLANETAS

FORAM OS ALUNOS DO 5º ANO DA CIDADE DE SERRA NEGRA DO NORTE DO ENTÃO PROFESSOR EDNALDO LUÍZ DOS SANTOS, QUE FORMANDO GRUPOS PESQUISARAM EM LOCUS SOBRE OS PLANETAS DO SISTEMA SOLAR E APRESENTARAM BELISSIMAMENTE. ELES COMPREENDERAM AS CARACTERÍSTICAS DE CADA PLANETA. VEJAM AS FOTOS DE EDNALDO LUÍZ...



NAS PAREDES DA BARRAGEM DA OITICICA

ALGUNS CENÁRIO PRÓXIMOS A PAREDE DA BARRAGEM DA OITICICA, NA COMUNIDADE ACAMPAMENTO, MUNICÍPIO DE JUCURUTU....VEJA AS FOTO DE EDNALDO LUÍZ...O FOTÓGRAFO......DE MANHÃ, BEM CEDINHO....





COMUNIDADE ACAMPAMENTO. AO LADO CHÁCARA
DO MEU PRIMO.

PEIXE ESTRANHO NO RIO DE PIRANHAS

PESCADORES PEGARAM NAS ÚLTIMAS CHEIAS DO RIO DE PIRANHAS-AÇU UM PEIXE QUE PARA ELES PARECE ESTRANHO. DISSERAM-ME ELES QUE NUNCA TEVE DE VER EM TODA VIDA QUE PESCARAM UM PEIXE DESSES. E FICARAM ABISMADOS E MERECEU, NAS MIRAS DE MINHAS LENTES, UM ENFOQUE DE REGISTRO. VEJA A FOTO DE EDNALDO LUÍZ.

CHEIAS DO RIO DE PIRANHAS 2016, EDNALDO VIU DE PERTO.

VEJA AS FOTOS DA CHEIA DO RIO DE PIRANHAS LOCALIZADO EM PLENO CORAÇÃO DA GRANDE BARRAGEM DE OITICICA, COMUNIDADE DA BARRA DE SANT'ANA, MUNICÍPIO DE JUCURUTU. ERA UMA REBANHO DE ÁGUA E EU TOMEI BANHO NELAS...FOI MUITO BOM....VEJA AS FOTOS....



O TRABALHO DA ARANHA DOMÉSTICA

VEJA COMO É O TRABALHO DAS ARANHAS DOMÉSTICAS....ELAS FAZEM UMA GRANDE AJUDA AO SER HUMANO QUE É PEGAR EM SUAS TEIAS INSETOS QUE PERTURBAM O HOMEM, COMO AS MURIÇOCAS.....ELAS TECEM A TEIA, FICAM ESCONDIDAS E NA HORA QUE CAI UM INSETO ELAS RAPIDAMENTE VÊEM E EMBALAM A COMIDA PARA COMER DEPOIS....VEJA A FOTO DE EDNALDO LUÍZ:

ARTE DE EDNALDO LUÍZ IMPRESSIONA ESCOLAS E ESTUDANTES

VEJA VOCÊ ABAIXO UMA DAS MAIS OBRAS DE ARTES DO PROFESSOR EDNALDO LUÍZ, QUE NO USO DE SUAS ATRIBUIÇÕES LEGAIS PROMOVE UM VERDADEIRO SISTEMA DE GOSTO, PAIXÃO, ENVOLVIMENTO E VALORIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO COMO MEIO DE CRESCIMENTO PRÓPRIO DE CADA ALUNO....ISSO FAZ ELE SER UM PROFESSOR POR MUITO QUERIDO POR TANTOS E TANTOS ALUNOS....VEJA AS FOTOS DE EDNALDO LUÍZ:

sexta-feira, 22 de abril de 2016

PALAVRA.

POESIA: PALAVRA.
POETA: EDNALDO LUÍZ DOS SANTOS.

Palavra que canta e chora
Pela boca e pela escrita
É doce e santa, tem hora,
Mas outras vezes, maldita.

E quando ao povo se explora
Convence, pinota e agita
Mas outras vezes aflora
Numa magia infinita.

Abarca qualquer espaço
Em pouco tempo e segundo
Na mente deixando um traço

Que se propaga na Terra
E nas gerações do mundo
Vive a história, a paz e a guerra.


Feito dia: 16/ 03/ 2016.

A PALAVRA

POESIA: A PALAVRA
POETA: JOSÉ LUCAS DE BARROS.

A palavra chora e canta
Via oral ou pela escrita
Ora é carinhosa e santa
Ora perversa e maldita.

Quando ao povo se levanta
Comove, sacode e agita
Mas outras vezes encanta
Faz-se magia infinita.

Cobre as dimensões do espaço
Numa fração de segundo
Deixando nos céus um traço

Que se reflete na Terra
Com tal força, move o mundo,

Faz a história, a paz e a guerra.

AS BRINCADEIRAS DE PASSARÁS NO SERIDÓ ANTIGO

AUTOR: EDNALDO LUÍZ DOS SANTOS.
BLOG: www.poetaluiz.blogspot.com 

O SERTÃO sempre foi um berço de brincadeiras que contagiavam desde a molequeira, os cabrochas, os adultos e até os velhotes de plantão. Eram tão triviais os momentos de brincar dos tempos de outrora que não havia um cansaço eminente e nem tão pouco uma fome medonha a ponto dos brincadores terem que abandonar a diversão.
Os círculos de pessoas conhecidos como RODAS eram sempre atrativos para uma união conjunta de moleques de todas as espécies, sem distinção de cor ou de raça. Era a inclusão sem saber que se incluía.
Mas uma das brincadeiras que se divertia um pouco o povo seridoense era uma chamada de PASSARÁS, onde o próprio nome já dizia, tinha-se que passar em algum canto. Também era preciso ter roda, onde a criançada, uma atrás da outra, ia passando debaixo de um certo túnel de mãos. Começava assim: dois meninos ou meninas se dispunham a ficar fazendo o túnel, ambos com os braços levantados e de mãos dadas. Daí era só a molequeira ir passando por debaixo, devagarzinho, e a dupla de mãos dadas ia cantando assim:
Passarás, passarás,
Deixarás passar
Carregados de filhinhos
Para ajudar a criar.
Licença meu bom barquinho?
Licença para passar
Eu tenho muito filhinhos
Não posso mais demorar
Se não for o lá da frente
Tem que ser o de detrás, trás, trás, trás, trás, ...
Daí a dupla prendia uma pessoa. Só que antes se tinha que escolher sem dizer a ninguém uma fruta. Cada um da dupla escolhendo a fruta, a exemplo pêra e uva, perguntava a pessoa presa qual era a fruta que ela preferia citando três opções: goiaba, pêra e uva, a exemplo. Se a pessoa escolhesse no caso goiaba, iniciava tudo de novo. Se escolhesse pêra ou uva, aí a pessoa ia para detrás da pessoa da dupla que escolheu certa fruta.
Ganhava a brincadeira quem conseguisse mais filhinhos para criar. Depois a dupla poderia escolher uma nova dupla. E assim a brincadeira de passarás perdurava horas a fio. Só parando com a voz estridente da mãe: _Meniiiiiiiiiiiiiino!!!!!

Ah, como era bom brincar de passarás! 

POE (TA) SIA.

POESIA: POE (TA) SIA.
POETA: EDNALDO LUÍZ DOS SANTOS.

A POESIA
É FRIA
ENFIA
E JUDIA.

O POETA
INQUIETA
AFETA
E SE AQUETA.

A POESIA
É ALEGRIA
É DOENTIA
É MAGIA.

O POETA
É A RETA
QUE ACRETA
DESINFETA.

A POESIA
TOMA CRIA
QUANDO SE ESPIA
UMA FATIA.

E O POETA
QUE DESAFETA
EM RAZÃO DA CRIA
FAZ OBRA DIRETA
E O MUNDO CONCERTA
COM A POESIA.


FEITO DIA: 14/ 03/ 2016.
POESIA CRIADA EM HOMENAGEM AO DIA DO POETA E DA POESIA.......

LUGAR ERMO

ERMO, que megera de lugar é esse? Ermo não seria um lugar meio espontâneo dado a necessidade do ser em si. Mas um lugar ermo é necessariamente um espaço pelo qual o bicho homem no auge de suas invenções conclama um momento de covardia que leva sempre o tal bicho a se alocar nos ermos da vida.
A fuga é sempre espacial dada à situação que se lança sobre o ser vivo. Também tais buscas por lugares ermos atingem certos animais por prudência ou precaução. Daí, todo ou qualquer lugar ermo é aquele que satisfaz a um dado ser em seu afastamento inesperado e/ou planejado.
Quando a gente por ventura for buscar um lugar ermo é necessário perceber se as condições são vantajosas para a instalação do ser em si, caso contrário o lugar ermo vai ser em vão para sua praticidade. E com certeza não vai haver satisfação frente a falta de apoio espacial.

Sendo assim, para se proteger, a exemplo, se dado animal procura um abrigo para habitar por enquanto ele mesmo tem que averiguar por instinto se o ambiente ermo será satisfatório as suas precisões e necessidades. Pois se não o forem haverá sobre esse animal uma grande precaução e defesa de seu existir.

CUIDADOS DEMOCRÁTICOS

POEMA: CUIDADOS DEMOCRÁTICOS
POETA: EDNALDO LUÍZ DOS SANTOS.

Cuidado com a volta da ditadura
Cuidado com a comunicação anti-democrática
Cuidado com a burguesia oligárquica
Cuidado com a opressão dos oprimidos
Cuidado com a vez da voz do povo
Cuidado com a degradação do voto
Cuidado com a exclusão social
Cuidado com a descrença na política
Cuidado com o retardo do salário mínimo
Cuidado com o combate a sequidão
Cuidado com o ódio construído
Cuidado pra juiz não ser bandido
Cuidado com a escravidão empregatícia
Cuidado com a não reforma agrária
Cuidado com a burguesia sem imposto
Cuidado com o fim das grandes bolsas
Cuidado com a educação inclusiva
Cuidado com a liberdade religiosa
Cuidado com os direitos homossexuais
Cuidado com os Estatutos sociais
Cuidado com a falta da igualdade
Cuidado com a TV sem limites
Cuidado pelo aumento da violência
Cuidado pelo ódio aos nordestinos
Cuidado com tanta corrupção
Cuidado com tantos e tantos partidos
Cuidado com o individualismo
Cuidado com a fome nacional
Cuidado com a desilusão estrangeira
Cuidado com o desamor a pátria.


Feito dia: 20/ 03/ 2016.

MORENA DE XORTINHO

TEU XORTINHO, ah, como endoça a visão! Expurga a alma e lambuza a inspiração. Vedes como a voz da razão fica trêmula em reticências.......^^^^^^~~~~,,,,.... Podes me explicar porque isso ocorres? Dizem os mais audaciosos que é um sentimento de um desejo da condição natural do bicho que se mostra quando este é prontamente provocado em sua zona de conforto. Uns até chamam de paixão, pois vejo que possa ser que haja certa paixão e que notadamente a zona de conforto aspira uma busca por um sentimento que está apagado desde tantos e tantos ínterins da existência luiziana.

Era apenas um utensílio, era apenas uma peça, um lampejo de felicidade tal qual se destina a mesquinhês do destino, porém com tal força e sofreguidão perpassou a razão dantesca de coração nobre. Era, pois, um xortinho caricaturado de colores chamativo. E de longe o recheio dava pra dizer de forma não muito nítida que era uma espessura de cor amorenada, tão reluzente que mais parecia uma flâmula de amor purificada. 

SECA RUIM

POESIA: SECA RUIM
POETA: EDNALDO LUÍZ DOS SANTOS.

Vai pra lá Seca medonha
Desgraçada dos inferno
Deixe de matar a gente
Nos devolva nosso inverno.

Vá secar outros açudes
Bem pra fora do Nordeste
Não queremos ser cobaias
Das más fúrias dessa peste.

Vá matar gado de fome
Leve a praga de urubu
Ataque os latifundiários
Das fazendas lá do Sul.

Deixe nossa terra verde
Não produza retirante
Deixe o sertão virar mar
De um jeito delirante.

Vá pras terras tão polares
Seca velha duma figa
Vá trabalhar pro capeta
Como puta, rapariga.

Vá secar toda maldade
Que no mundo faz magote
Para ver se eu vejo a água
No gelado do meu pote.

Vá secar o povo ruim
Que destrói a natureza
Vá secar toda ganância
Da cambada da riqueza.

Deixe nós aqui viver
Sem andar com pé rachado
E sustentar a família
Na fartura do roçado.

Seque todos os oceanos
Traga chuva para nós
Deixe permanentes rios
Jorrar água como a foz.

Pois com isso o povo deixa
De suplicar em destino
Pra poder bater no peito
Com orgulho nordestino.


Feito dia: 15/ 03/ 2016.

sábado, 9 de abril de 2016

PROFESSORA EDITA CARTA ABERTA CONTRA O DESCASO NA EDUCAÇÃO DE CAICÓ

CARTA ABERTA AOS PROFESSORES, PAIS, ALUNOS E CIDADÃOS CAICOENSES

Primeiramente, gostaria de lembrar a real função de um professor: ensinar, transmitir conhecimentos, mais do que isso, levar nossos alunos a pensar, a questionar e a ler a nossa realidade a fim de construir opiniões através do exercício da cidadania. Para que isso ocorra, nós professores, devemos dar o exemplo, defendendo nossas opiniões, conhecimentos e direitos. Só assim, nosso dever como docente se cumprirá em solo fértil e semeará bons cidadãos.
Por isso, os professores da rede municipal de Caicó procura unir forças, convocando o apoio de pais, alunos e demais caicoenses para lutar por uma educação cujo objetivo não é meramente prover informação, mas estimular a consciência, como diz o filósofo Al-Ghazali.

Nessa perspectiva, estou aqui para conscientizá-los acerca da triste realidade em que se encontra a educação de Caicó. Muitas de nossas escolas estão em ruínas, com estruturas que, além de não oferecer o mínimo de conforto para os alunos e profissionais, ainda oferecem riscos à integridade física de ambos. Algumas escolas foram interditadas através de denúncias ao Ministério Público e ao Corpo de Bombeiros, pois só assim a prefeitura seria “forçada” a cumprir com sua obrigação. Porém, muitas reformas caminham lentamente e com longos intervalos por falta de pagamento. A Senhora Secretária de Educação alega que este é um problema antigo que vem se arrastando desde outras gestões. Será que a secretária quis dizer que isso não é responsabilidade da atual gestão? Será que Ela e o Senhor Prefeito também não são problemas antigos que habitam a prefeitura de Caicó? Afinal, ambos já exerceram outros mandatos. Isso nos leva a crer que essa será apenas mais uma gestão indiferente ao estado de calamidade em que se encontra a educação.
Felizmente, apesar de todo esse descaso, a prefeitura de Caicó se beneficia de um quadro de professores formados, muitos pós-graduados, capazes de elevar o nível de nossa educação local. Porém, a atual gestão simplesmente ignora o grau de formação desses profissionais, negando-se a pagar as gratificações que lhes são de direito. Justificativa: LIMITE PRUDENCIAL. Em que a gestão está se excedendo? Será que as prioridades do prefeito se restringem apenas aos cargos comissionados? Por que a melhor opção é sacrificar a educação? Foi sorteio? Além disso, o gestor insiste em nos tratar como produtos e não como servidores públicos, uma vez que nosso reajuste salarial é pago de forma parcelada.
Como se não bastasse tudo isso, o Senhor Prefeito ainda faz questão de demonstrar publicamente seu desrespeito e indiferença com a educação municipal, pois priorizou uma reunião para discutir a criação de uma comissão para o carnaval de 2017, adiando pela segunda vez uma conversa com o Sindserv e representantes dos professores. A velha política do pão e circo.
Diante disso, sem descartar o direito do nosso aluno aos 200 dias letivos, não nos resta outra alternativa que não seja a GREVE, na tentativa de que o silêncio de nossas escolas ecoe no munícipio de Caicó para que nossa voz chegue à consciência de Roberto Germano. Os filhos de Caicó merecem uma educação de qualidade!

Maria Helissa de Medeiros. (Professora da Escola Severina Brito da Silva, zona norte de Caicó).

NOVA PARADA NACIONAL DO BRASIL EM ABRIL DE 2016.

TODOS OS SERVIDORES PÚBLICOS DO BRASIL DEVEM PARAR SUAS ATIVIDADES!

A LUTA AGORA É DO POVO! ESTÃO QUERENDO ACABAR COM VÁRIOS DIREITOS TRABALHISTAS QUE O BRASIL JÁ CONSEGUIU DE 2002 PARA CÁ. A VAGABUNDAGEM DA OPOSIÇÃO ESTÁ CONSTANTE E ESTÃO LANÇANDO O PAÍS NUMA VERDADEIRA CRISE POLÍTICA QUE ESTÁ PARALISANDO O ANDAMENTO FUTURO DE NOSSO PAÍS....TODOS OS PROFESSORES E FUNCIONÁRIOS AFINS DE CARGOS PÚBLICOS DEVEM SEGUNDO O SINDESERV DE CAICÓ E SERIDÓ PARALISAR SUAS ATIVIDADES NOS DIAS 13 E 14 DE ABRIL EM LUTA CONSTANTE CONTRA A PLP 257/16. É UMA MEDIDA QUE ACABA COM CONCURSOS PÚBLICOS, CONGELA SALÁRIOS MÍNIMOS, TIRA DIREITOS DA PREVIDÊNCIA SOCIAL, VALORIZA A TERCEIRIZAÇÃO, INCENTIVA DEMISSÕES VOLUNTÁRIAS E ATRASA DE VEZ COM O DESENVOLVIMENTO DAS ESCOLAS PÚBLICAS. É UMA MEDIDA QUE RETOMA AO ESTADO CRÍTICO E MAIS ABRANGENTE QUE HAVIA NO BRASIL DE OUTRORA....OS SINDICATOS TODOS SE MOBILIZAM NESTES DIAS PARA QUE OS VAGABUNDOS DO CONGRESSO VEJAM QUE NÃO SE DEVEM MEXER NOS DIREITOS DO POVO ATÉ ENTÃO CONQUISTADOS COM MUITA LUTA....E VAMOS À LUTA!!!!

(CARTAZ RETIRADO DO BLOG DE ANTÔNIO NEVES).

sábado, 2 de abril de 2016

NÓS SOMOS PREFESSOR E SOFRESSOR

EDNALDO LUÍZ NA LUTA POR UMA EDUCAÇÃO MAIS JUSTA E IGUALITÁRIA PARA O ALUNO E PROFESSOR.
IMAGEM DO BLOG DE ANTÕNIO NEVES...

SOMBRAS NEFASTAS

POESIA: SOMBRAS NEFASTAS

POETA: ZÉ BEZERRA.

Muitas sombras nefastas nos colocam
Muitas vezes num beco sem saída
Umas passam e outras permanecem
Como pedras que sempre aparecem
Nos diversos caminhos desta vida.

Provocadas por desentendimentos
Represálias e preocupações
Rixa, ódio, desprezo e comodismo
Exclusão, opressão e egoísmo
Xingamentos e retaliações.

Estar distanciado destas sombras
É saber evitar os desalinhos
Sem nutrir avareza nem orgulho
Afastando de vez o pedregulho
Com as sombras compactas dos caminhos.

Essas sombras são desafiadoras
Junto a nós, são iguais a sentinelas
Quando a gente possui maturidade
E firmeza na personalidade
É possível poder livrar-se delas.

Autor: Zé Bezerra

FONTE: http://www.sertaocaboclo.com.br .